Caminha e a Copa de 2014

10/06/2009 at 1:17 PM Deixe um comentário

Em 1500, quando as caravelas de Pedro Álvares Cabral encontravam-se estacionadas no atual litoral baiano, uma das coisas que mais chamou à atenção dos marinheiros portugueses foram as índias andando nuas pela costa litorânea.

Desacostumado com aquilo, o escrivão Pero Vaz de Caminha em sua famosa carta ao rei dom Manoel até que procurou dar um certo ar de naturalidade ao descrever a cena. Mas o simples fato de citá-la já revela o quanto aquilo o impressionou.

Essa passagem é uma das conhecidas da carta, e também bastante espirituosas, afinal, repare como ele faz um trocadilho com a palavra vergonha:

“Ali andavam entre eles três ou quatro moças, bem moças e bem gentis, com cabelos muito pretos, compridos pelas espáduas, e suas vergonhas tão altas, tão cerradinhas e tão limpas das cabeleiras que, de as muito bem olharmos, não tínhamos nenhuma vergonha.”

Imagino o quanto esse trecho deve ter mexido com a imaginação de um grande número de europeus, que passaram a ver as terras recém-conquistadas por Portugal como um paraíso à flor da pele.

O problema é que essa imagem persiste e o Brasil continua sendo visto como um ponto de atração para o turismo sexual, como se as mulheres brasileiras fossem meros objetos de desejo e nada mais.  E a publicidade continua a reforçar essa idéia (ok, ideia). Hoje, lendo uma reportagem a respeito da Copa do Mundo de 2014, encontrei uma notícia dizendo que existe um site na Europa sugerindo a compra de imóveis no Brasil,. Alegam  que sairá mais barato comprá-los agora do que nas proximidades da Copa, quando os preços podem subir muito.

Pois bem, em sua campanha esse site fala o seguinte: “Coloque Brasil e futebol juntos e uma palavra vem em mente: sexy. Não apenas o Brasil tem o time de maior sucesso no esporte, mas tem também aquele fator que nenhum outro país pode superar: as torcedoras de biquini”.

É lamentável e mentiroso, pois nunca vi torcedoras de biquini nos estádios (e mesmo se em cidades litorâneas as torcedoras vão de biquini, aos jogos, problema delas). Até quando esse tipo de mentalidade vai continuar?

Quer queira quer não, Caminha, ao menos, falou das índias com muito mais classe e elegância.

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Entry filed under: Bate-papo, De olho no mundo. Tags: .

Flora no parque Brincando com Stumble Upon!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Reinaldo Seriacopi no Twitter (@rseriacopi)

Calendário

junho 2009
S T Q Q S S D
    jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

%d blogueiros gostam disto: